sobre

TAZIO ZAMBI (1985) nasceu em Vitória, Espírito Santo, e atualmente mora em Maceió, Alagoas. Publicou RETRÁTEIS (contos, 2009) e CERCO (poemas, 2013). É professor do Instituto Federal de Alagoas e doutorando no Programa de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP. Autor das web/instalações MAQUINAMENOS (2013), CERCO (2013) e EX-EZKEMA (em breve), da série conceitual ESPÓLIO e editor de RANDOMIA.

_

2016

Publicação da antologia de poemas Lá fora pela Coleção Leve um Livro.

2015

Publicação de poema na apresentação do álbum Niños Heroes, de Negro Leo (QTV).

2014

Publicação de poemas visuais na revista turca Mosmodern nº1.

Participação na exposição coletiva uP, com curadoria de Dinos Nikolaou e Iphigenia Papamikroulea (Atenas e Tessalônica, Grécia).

Participação na exposição KM.0 >>> Poetry Project, organizada por Cristian Forte, Érica Zíngano e Luísa Nóbrega (SOUNDOUT! Festival, Berlim, Alemanha).

Programação e customização do site dos Cadernos inéditos de Itamar Assumpção.

2013

Publicação de livro e web/instalação Cerco (Randomia).

Realização da web/instalação MAQUINAMENOS.

Estréia do zine-laboratório randomia (co-editado com Reuben da Rocha).

Peças sonoras e entrevista exibidas no programa Som de Letra, da Rádio MEC FM, apresentado por Lívio Tragtenberg.

Texto de apresentação do álbum EUEUEU & Negro Leo.

Publicação do pixo transmídia Fenícia revém (em homenagem a cavaloDada vulgo Reuben da Rocha) em The New Post-Literate.

Publicação do zine terroria (co-editado com Reuben da Rocha).

Publicação do poema USO na quarta-capa da revista Modo de usar & co.

2011

Publicação do livro Retráteis (Edufal).

Publicação da série TATILOGRAMAS na revista americana Moria, número dedicado à escrita assêmica (asemic writing).

Publicação de poemas na revista Pitomba.

2010

Publicação das primeiras séries conceituais Caractério e Comuns.

2009

Retráteis ganha o Prêmio Lego de Literatura.